Tipos de Traumas e Como Supera-los

Talvez a habilidade de superar desafios sem se desgastar tanto seja uma das principais habilidades necessárias para passar pelos obstáculos mais difíceis da vida. Hoje vamos falar de um dos principais traumas e como você pode superar esses traumas de maneira eficiente.

Há dois tipos de traumas, o trauma emocional e o trauma psíquico. O trauma ocorre pela incapacidade do sujeito de superar determinado acontecimento na sua vida. Dependendo do tempo que a pessoa passar vivendo em um ambiente traumático a pessoa pode desenvolver: transtornos de Ansiedade, Transtornos Depressivos, Transtornos Comportamentais e Emocionais diversos, Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, Transtorno de Estresse Pós-Traumático, entre outros.

 

Traumas Ocorridos na Infância

traumas

Os traumas ocorridos na infância são os piores e dependendo de qual, é mais difícil o tratamento, veja alguns dos piores traumas causados na infância:

Abuso Sexual: Causados por algum parente e até mesmo por familiares, esse tipo de trauma é o mais comum. Muitas vezes o abuso é cometido por um próprio parente da família, esse que devia cuidar e proteger a criança. Uma criança que sofre abuso sexual também sobre maus tratos físicos.

Bullying na infância: A criança que sofreu Bullying na infância é mais uma possível vítima da baixa autoestima. Por ser bastante criticado por não estar dentro dos “padrões da sociedade” essa pessoa/criança poderá desenvolver depressão e complexo de inferioridade.

Maus tratos emocionais: Uma criança que está em fase de crescimento e desenvolvimento intelectual, jamais pode ser xingada ou ser tratada como alguém sem valor. Portanto nunca devemos xingar ou falar que uma criança é incapaz de realizar alguma tarefa.

Maus tratos físicos: Tortura é algo bastante complicado para ser recuperado. Um estudo pôde perceber que crianças que passaram por algum trauma na infância envelhecem e morrem 20 anos mais cedo, pois acontece um processo de envelhecimento precoce incomum na infância.

Abandono: o abandono gera inúmeras consequências para a vida de uma criança, desde a baixa autoestima, complexo de inferioridade e até mesmo tendências suicidas e depressão.

 

Traumas ocorridos na vida adulta

Os traumas ocorridos durante a vida adulta também podem ter grande influência durante a vida do indivíduo, veja alguns dos principais traumas ocorridos durante a vida adulta:

Falta de amigos: a falta de amigos pode gerar complexo de inferioridade e baixa estima. É importante ter amigos para assim desenvolver as habilidades sociais.

Reprovação em concursos: Provas como o enem 2016, vestibulares, e testes de admissão podem ser um verdadeiro problema se não for enfrentado de maneira correta. Por não conseguir o alcançar seu objetivo o jovem/adulto fica traumatizado podendo desenvolver algumas doenças como a depressão.

 

Como superar traumas

Superar traumas pode ser uma tarefa de extrema dificuldade, isso irá depender do estado emocional e psicológico da pessoa envolvida e também do trauma.

Para superar o trauma é importante falar da dor, mas de forma adequada e com as pessoas certas. É preciso encontrar sentido para a superação do trauma. Buscar uma narrativa que sintetize os aprendizados de vida pode diminuir as expressões emocionais e sensoriais do trauma.

 

Como resolver problemas de autoestima e viver mais feliz

Amigos estava sem postar, pois, eu pratico musculação e estava me dedicando ao máximo para isso, mas esse mês espero postar com mais frequência no blog. Hoje o assunto que vamos debater aqui é: Como a falta de estima atrapalha a nossa vida e como podemos melhorar esse aspecto.

Vou falar para vocês, eu já sofri muito com baixa estima é isso é terrível. Eu via meus colegas namorando e beijando várias meninas enquanto eu ficava triste por isso, não sei o motivo, mas eu ficava extremamente triste quando ouvia que alguma de meus colegas tinha beijado uma menina. Esse problema de autoestima começou ainda na minha infância. Quando eu tinha por volta dos 9 anos.

 

Como a baixa estima pode afetar a sua vida

289

A falta de autopode afetar sua vida de diversas maneiras. Eu, por ter baixa estima me sentia inferior aos outros. Ninguém podia me xingar que logo me sentia para baixo e magoado com isso. Eu também tinha muita vergonha de conversar com uma pessoa, principalmente quando se tratava de uma menina. Eu também não gostava de sair de casa, sempre que meus poucos amigos me chamavam para sair eu sempre negava e por isso acabei tendo menos amigos cada vez mais. Perdi várias experiências sociais incríveis por causa disso. Hoje tento recuperar o tempo perdido.

Veja abaixo como a baixa estima pode afetar sua vida:

Ciúmes e inveja: era o que acontecia comigo, sempre que ficava sabendo que um amigo meu tinha beijado uma menina, eu me sentia para baixo e talvez com um pouco de inveja.

Sensibilidade: também acontecia muito comigo, sempre que uma pessoa me insultava isso me derrubava completamente. A baixa autoestima pode fazer com que você tome tudo como uma crítica, mesmo as pequenas brincadeiras que os seus amigos fazem.

Inferioridade: A baixa autoestima pode fazer a pessoa a acreditar que é uma sorte estar com o parceiro. Isso pode levar a pessoa a permanecer em um relacionamento abusivo.

 

O que leva uma pessoa ter baixa estima

Veja algumas das principais causas da baixa estima:

Autocríticas: Uma pessoa que possui autoestima baixa ela se autocondena, se tornando severa consigo mesmo e permitindo que críticas externas o abalem.

Maus-tratos: maus-tratos na infância é uma das principais causas que levam uma pessoa a depressão. Muitas pessoas não conseguem esquecer o trauma que sofreu na infância trazendo isso para vida adulta.

“Defeitos Físicos”: Talvez seu nariz não seja tão bonito, você possui um caseum na boca que te causa mau hálito. Há diversos defeitos que fazem uma pessoa desenvolver um complexo de inferioridade.

Perdas: talvez você perdeu algum dos seus familiares muito novo. Gerando um uma forte tristeza acarretando em depressão.

 

Como aumentar a autoestima.

comparacao

A falta de autoconhecimento resulta em baixa autoestima. Se sua infância e adolescência foram razoavelmente saudáveis, no processo de se tornar adulta, ela tem boa conexão com o self, ou o Si mesmo, de acordo com Jung.

O grande segredo para se livrar da depressão é se autoconhecer. Descubra suas qualidades e como você pode melhorar ou minimizar seus defeitos.

É bom se apaixonar? Saiba os pros e os contras!

Tenho muito a dizer sobre esse assunto hoje! E é de extrema importância debater sobre ele nos dias atuais. Estamos vendo cada vez mais histórias de amores que deram certo e mais ainda histórias de amor que não deram certo. Talvez porque o homem ou a mulher não se encaixaram por inúmeros fatos.

Sobre se apaixonar

e8e77d89202f34378c24ee1cbd4486b0_large

Minha visão diz que se apaixonar é muito perigoso e só que já se apaixonou intensamente por um grande período de tempo sabe o quão perigoso é viver nesse estado.  Ficamos altamente vulneráveis e fazemos de tudo para agradar aquela pessoa. Sobrepondo sobre nós um grande poder.

Sendo assim é muito perigoso se apaixonar. O que mais vejo são mulheres pesquisando dicas de como deixar um homem apaixonado. A algum tempo atrás eu li um livro de um autor chamado Nesshan Alita, o nome do livro era “Como lidar com mulheres” nele dizia: “As mulheres são seres deliciosamente terríveis, de dupla face, que nos aliviam as dores e, ao mesmo tempo, nos fazem sofrer terrivelmente”.

Na minha opinião se apaixonar tem dois lados, o lado ruim e o lado bom. Veja os pros e os contras:

Contras:

  1. Os homens também são mais atingidos emocionalmente quando os relacionamentos acabam.
  2. Você se torna viciado
  3. Você se torna vulnerável
  4. Você se humilha
  5. Você sofre
  6. Você faz de tudo para agradar as pessoas

Prós:

  • Você ganha uma nova experiência de vida
  • Você se torna experientes em relacionamentos
  • Você agrega informações para sua evolução em vários meios
  • Você pode ter a oportunidade de aprender a controlar suas emoções
  • Você pode ter a oportunidade de entender comportamentos humanos, principalmente o comportamento feminino

Experiência de apaixonar

Vou relatar aqui para vocês uma história que eu ouvi de um amigo e talvez você não concorde. Meu amigo mudou para uma nova escola. Quando ela chegou nessa nova escola, ela não gostou de nada, nem do ambiente nem dos alunos que faziam parte dele. Segundo ela, nessa escola havia muita gente metida.

Chegando lá, meu amigo fez amizade com uma garota chamada Janaina, ela era mais velha que ele 2 anos. Ele sempre sentava perto delas nas aulas e fazia questão de ajudar ela com os deveres escolares. Desde o começo ele não via interesse sexual por ela.

Até que um dia, ele decidiu que queria ser mais que um amigo de Janaina. Então ele começou a demonstrar que queria ser mais que um amigo para ela. A partir daí ele começou a mandar inúmeras cartas para Janaina, e ficar cada vez mais perto dela. No intervalo da aula, na hora do lanche e sempre que havia um trabalho para fazer, ele fazia questão de ficar no grupo dele.

Eu queria acabar essa história com um final feliz, mas meu ego é muito afiado para me permitir isso.

Depois que Janaina percebeu que meu amigo estava apaixonado por ela, as coisas mudaram muito. Ela começou a trata-lo diferente. A partir daí ela queria usá-lo, sem ao menos se importar com os sentimentos dele para cobrir-se de uma magoa que ela teve em um passado recente. E meu amigo sofre por longos anos nessa mesma situação.

Perceberam o quanto é perigoso se apaixonar? Vejam a história do meu amigo, ele foi totalmente controlado pela sua “amiga”. Eu não estou dizendo que é errado se apaixonar, ou que vocês nunca devem se apaixonar, mas tomem cuidado. “Um pé na frente, outro atrás”

 

Como Realmente Ser feliz

Você deseja desfrutar da vida e ser realmente feliz? Eu posso te ajudar! Todos nós queremos ser felizes, mas poucos conseguem, devido a vários fatores. Talvez você ache que uma boa companhia em tempos difíceis ou até mesmo uma carreira profissional bem-sucedida irá te trazer a felicidade que você deseja, acredite amigo, não é só isso que te vai fazer feliz. A verdadeira felicidade está dentro de cada uma de nós e não depende de fatores externos.

 

A Felicidade está dentro de cada um de nós

1

A maioria das pessoas na nossa sociedade vigente, procuram a felicidade em fatores externos. O que eu quero dizer com “fatores externos”. Fatores externos pode ser por exemplo um objeto, como por exemplo um carro. A pessoa acha que depois que ela tiver aquele carro que ela tanto sonha, ela vai poder ser feliz, e quando ela finalmente consegue aquele carro, ele proporciona uma felicidade momentânea e logo a pessoa procura outro tipo de fator externo para proporcionar sua felicidade.

O que precisamos fazer é encontrar a felicidade dentro de cada um de nós e nos conectar com o Criador e com a espiritualidade.

Como se conectar com Deus: Deus é um ser de infinito amor, e para se conectar com ele, basta sentir amor. Vibre amor. Procure entender como o universo realmente funciona, leia livros sobre o subconsciente, mecânica quântica e diversos outros livros que falam sobre a mesma temática. Depois que você entendeu como o universo funciona, sua consciência se expandirá e ficará mais fácil de você vibrar amor e se conectar com o criador

Depois de ter criado uma conexão com o Criador, tudo na sua vida mudará. O universo conspirara a seu favor e todo o suporte espiritual será preparado para que você consiga seus objetivos e aproveite seu tempo de aprendizagem enquanto vivo.

 

Viva o presente e agora

Pelo que eu escrevi acima, você já deve ter percebido que procurar por fatores externos para sua felicidade não é o correto a se fazer. E por isso digo: viva o presente. Pare de esperar por coisas que ainda viram, esquece-as. Observe a sua volta as cosias boas que você tem no momento, as coisas que você conquistou até o momento, faça um agradecimento por essas coisas. Olhe para dentro de si e agradeça cada coisa de bom que acontecer na sua vida, e de ruim também, pois elas proporcionam a aprendizagem.

Muitas pessoas se questionam e procuram fórmulas para contornar os seus problemas. Alguns compram um carro, pedem favores, gasta boa parte do seu dinheiro em baladas e depois compram a fórmula da reconquista do Pedro Henrique.

Em primeiro lugar ame, segundo entenda como funciona o universo e em terceiro lugar ajude as pessoas. Esse é o verdadeiro caminho para felicidade e para verdadeiro desenvolvimento

Pessoas Felizes Possuem a Vida Amorosa mais resolvida

Opa galera tudo bem? Esse é o primeiro artigo do nosso blog e eu peço à todos que compartilhem essa publicação e entrem no nosso grupo do Facebook. “Pessoas felizes possuem a vida amorosa mais resolvida” Parece ser óbvio essa afirmação, mas nessa certeza é que você se engana. Há duas realidades:

A pessoa negativa enxerga avida negativamente a vida porque o seu paradigma e forma de pensar está voltada somente para desgraças, catástrofes e destruição. Normalmente uma pessoa triste e infeliz enxerga um coisa ruim onde a maioria das pessoas enxergariam como bom. Por exemplo, vamos supor que uma pessoa positiva subiu de cargo em uma empresa X, logo ela fica bastante feliz porque ela vai ganhar mais. Ela enxergou o lado bom daquele ocorrido.

Normalmente uma pessoa negativa pensaria o seguinte com o fato que estamos usando como exemplo: “Nossa agora eu vou ter mais trabalho para fazer, e não vou ter tempo para quase nada”. Percebeu a diferença entre essas duas pessoas? Agora vamos ver como isso se aplica a vida amorosa.

Necessidade na Vida Amorosa

caminho-para-felicidade

Depois que entendemos como uma pessoa totalmente negativa pensa, podemos perceber que ela necessita de mais atenção e mais carinho em um relacionamento. Uma pessoa triste pode receber infinitas vezes mais carinho do que uma pessoa feliz e ela não vai se sentir satisfeita. Em um dos livros que eu li, chamado “Método do Respeito” o Caio Cesar fala bastante sobre isso. É incrível como as mulheres tristes precisam de um parceiro que lis dão mais atenção.

Uma pessoa feliz pode ser completamente solitária e nunca sentir falta de nada. Por outro lado, uma pessoa negativa e triste, pode estar sempre rodeada de pessoas e carinho constantemente e mesmo assim não se sentir completamente satisfeita.

Então podemos perceber que em uma relação o que importa é a felicidade que uma pessoa possui em si mesmo e que é capaz de passa-la adiante. Toda a felicidade está baseada no interior de uma pessoa, na sua forma.

Dicas para ser Feliz em uma Relação Amorosa

Não seja um produto: O que eu mais vejo hoje em dia são meninas que são tratadas como produtos, onde elas querem altos investimento nelas em trocas de sexo. Não seja esse tipo de mulher, procure sempre se desenvolver acima de tudo e faça seu nome.

Seja uma Mulher Madura: O que eu mais vejo hoje em dia são mulheres velhas fazendo papel de menininha. São totalmente indecisas, e não enxergam o homem que realmente a ama e acabam trocando-o por que atende mais os padrões de beleza da sociedade na qual vivemos. Minha dica é, seja uma mulher madura e saiba escolher o homem certo, aquele homem que vai te fazer feliz e que realmente gosta de você. E a aparência? Eu seria hipócrita ao dizer que a aparência não importa, então saiba balancear as duas coisas para que sua felicidade seja feita.

Acredite no Universo: Se você ainda não sabe, você atrai tudo o que você pensa e sente. Então basta pensar e sentir coisas boas que você atrairá coisas boas para sua vida.